Diagnóstico Editorial

IMG_4087

Sistema de avaliação editorial de equipes, processos, produtos e conteúdos

O Diagnóstico Editorial é um sistema de avaliação desenvolvido pelo Departamento de Comunicação do Instituto Internacional de Ciências Sociais para verificar a consistência e a adequação das estratégias editoriais à identidade das marcas e ao posicionamento dos veículos de comunicação.

Diferencial

Os ambientes digitais são um desafio imenso para a gestão das empresas de mídia. A produção é descentralizada e a distribuição, fragmentada. Os acessos procedem de múltiplas origens e a experiência de leitura é não-linear e muito particular. Além, disso, ainda não estão devidamente consolidadas as boas práticas nesse meio.
Essas características, aliadas à dinâmica da produção para os meios digitais, criam áreas cinzentas, quase imperceptíveis para aqueles que têm sob sua responsabilidade a gestão de produtos e conteúdos digitais. É justamente nessas áreas que pode residir o sucesso ou o fracasso do empreendimento.

O Diagnóstico Editorial procura suprir essas deficiências, propondo uma verificação detalhada de todos os itens que podem valorizar, validar ou comprometer a identidade da marca e dos produtos. A avaliação é feita com base em um método desenvolvido pelo IICS, já testado e aplicado por profissionais com grande experiência em veículos de algumas das maiores empresas brasileiras do setor.

A quem se destina

Empresas de mídia e instituições públicas e privadas que produzam conteúdos editoriais para distribuição multiplataforma.

Focos da avaliação

O diagnóstico considera a identidade dos produtos e marcas, a realidade da Redação, o ferramental disponível e a experiência dos usuários para avaliar quatro elementos:

  • Equipes de produção de conteúdo
  • Processos de Redação
  • Produtos e serviços
  • Conteúdos digitais distribuídos na web, em dispositivos móveis e redes sociais

Método

A avaliação é feita com base em entrevistas, imersão no cotidiano da Redação e por coleta de amostragem, simulando diferentes experiências de uso.

O Diagnóstico segue três etapas distintas:

  • Identidade Aplicação de questionário com a gestão para determinar a identidade pretendida do produto ou do veículo no ambiente digital
  • Estrutura Mapeamento da estrutura de Redação, tamanho e capacitação das equipes, modelo de operação da produção do conteúdo, ferramentas e equipamentos disponíveis
  • Produção Simulação de experiências de consumo e navegação. Verifica-se a compatibilidade do produto à identidade pretendida, identificando inconsistências, erros e acertos, ausência de padrões, modelos de edição e os bons exemplos. Eventualmente, esses itens são comparados à concorrência.

A combinação das informações gera um relatório completo com:

  • Diagnóstico editorial do veículo
  • Contraste da realidade verificada com a identidade pretendida e a estratégia editorial
  • Indicações para as áreas de desenvolvimento, RH e Redação para tratamento de deficiências de padrões editoriais e no desenvolvimento de pessoas e produtos

Cronograma

O tempo previsto para a aplicação completa do Diagnóstico Editorial é de 12 semanas. Nesse período estão previstas reuniões presenciais e uma imersão para acompanhamento do cotidiano da área de produção.

  • Etapa 1 | Aplicação de questionário e mapeamento da estrutura de produção. Presencial
  • Etapa 2 | Coleta de amostragem e registros de avaliação. Remoto.
  • Etapa 3 | Apresentação do resultado e entrega do relatório final do Diagnóstico com as indicações para tratamento de deficiências. Presencial

Entre em contato com o Departamento de Comunicação e peça uma avaliação: